Projetos

Projeto Jovem

Teve início em 2007, em parceria com a Secretaria Municipal da Juventude, com foco na orientação para a adoção de uma postura cidadã e na preparação e inserção no mercado de trabalho. O Projeto Jovem vem se estruturando a cada ano, através de dois subprojetos que são Jovem Cidadão e Primeira Chance, para ser um suporte nesta fase de tomada de decisão, em especial sobre o futuro profissional.

As atividades socioeducativas desenvolvidas dentro e fora dos Centros Educacionais Comunitários da Pastoral do Menor de Sorocaba, auxiliam no autoconhecimento e no discernimento vocacional, influenciando positivamente na vida escolar, no relacionamento familiar e na consciência do perfil pessoal e profissional exigido atualmente pelo mercado de trabalho.

Para a complementação da orientação vocacional, realizamos durante o ano diversas visitas monitoradas, previamente agendadas, em empresas multinacionais e nacionais de grande porte de nossa cidade e região, sendo de grande utilidade, porque permitem que nossos jovens conheçam como funciona uma empresa bem estruturada, tirem suas dúvidas e ampliem a visão do mercado de trabalho.

Paralelamente a observação da melhoria da postura pessoal dos atendidos, captamos vagas das empresas, fazemos uma triagem por meio de entrevistas, dinâmicas e testes, e, finalmente encaminhamos os melhores candidatos para as empresas, sem qualquer custo.

Nesse período de funcionamento do Projeto Jovem, mais de 1000 atendidos entre adolescentes e jovens tiveram a chance do seu primeiro emprego, sendo a maioria colocada em empresas de grande expressão de nossa região.

Apesar dos grandes desafios enfrentados pela Pastoral do Menor, somos gratos a vários parceiros tais como Prefeitura Municipal de Sorocaba, SENAC, CIEE, ETE Fernando Prestes, UNITEN e a dezenas de empresas da área industrial, comercial e de prestação de serviços que reconheceram o trabalho desenvolvido pela Pastoral do Menor, abriram suas portas para a visitação e contrataram nossos atendidos.

Projeto Jovem Cidadão

Trata-se de um projeto social, com foco na cidadania, que visa atender adolescentes, com idade entre 15 e 17 anos, pobres e em situação de risco, residentes na periferia de Sorocaba, em horário alternativo ao da escola, com atividades socioeducativas, que focam a autoestima, a saúde, a vida escolar, a família, o trabalho e a cidadania, através de rodas de conversa, dinâmicas de grupo, jogos, orientações gerais, palestras, cursos profissionalizantes, trabalho de campo voluntário de melhoria do bairro onde se reside, visitas monitoradas às empresas e encaminhamento para seleção de pessoal nas empresas.

Projeto Primeira Chance

Trata-se de um projeto social, com foco na colocação no mercado de trabalho, que visa atender adolescentes e jovens, com idade entre 17 e 18 anos, pobres e em situação de risco, residentes na periferia de Sorocaba, em horário alternativo ao da escola, com atividades socioeducativas, envolvendo cursos profissionalizantes, orientação profissional e vocacional, palestras, rodas de conversa, dinâmicas de grupo, trabalho de campo voluntário de melhoria do bairro onde se reside, visitas monitoradas às empresas e encaminhamento para seleção de pessoal nas empresas. Em 2016 o Projeto Primeira Chance foi incorporado ao Projeto Jovem Cidadão.

Projeto “Ampliando Possibilidades” – Funcad 2018

ASSOCIAÇÃO DOM LUCIANO

Público atendido: 130 Adolescentes – autores de ato infracional inseridos nas medidas socioeducativas de internação.

Objetivo Geral do Projeto: Proporcionar aos adolescentes inseridos nas medidas socioeducativas de internação do  CASA I e II de 12 a 21 anos incompletos o desenvolvimento de habilidades profissionais para inserção ao mercado do trabalho com oficinas profissionalizantes, visando de forma reflexiva o desenvolvimento da identidade e protagonismo. Proporcionar o interesse aos jovens sobre arte cultura com oficinas de capoeira para minimizar a violência, buscando o respeito mutuo e valorização da importância da cultura a e etnia.  Alertar sobre o impacto que as drogas realizam para o dependente, em sua família e comunidade, oferecendo oficinas quinzenais com os técnicos da entidade e um workshop semestral com exposição junto às famílias dos adolescentes que cumprem a medida socioeducativa. A entidade tem como objetivo central oferecer oficinas ampliando possibilidades na vida desses adolescentes e suas famílias, através da arte cultura, conscientização e prevenção sobre os males das  drogas e ampliando habilidades profissionais.

Projeto “Venser Jovem” – Funcad 2018

Associação Bom Pastor

Público atendido: 400  Adolescentes de 12 a 17 anos e 11 meses, que residem em bairros carentes do município de Sorocaba, onde o risco da violência, desarranjo familiar, marginalidade podem comprometer o seu desenvolvimento. O projeto acontecerá em 12 bairros de Sorocaba.

Objetivo Geral do Projeto: Criar dentro do programa da organização um espaço de formação de maneira lúdica e prazerosa por meio de jogos, recreação e complementação pedagógica como preparação para as etapas da “Gincana dos Valores”, que ocorrerá durante todo o período do projeto, como ferramenta para autonomia e autoestima, promovendo a inclusão social de adolescentes em situação de vulnerabilidade social, visando à melhoria da qualidade de vida, bem como melhores condições de se colocar socialmente e/ou profissionalmente.

Projeto Molecada da Paz – Funcad 2018

CENTRO SOCIAL SÃO JOSÉ 

Público atendido:  185 crianças de 4 a 11 anos dos seguintes bairros: Cajuru, Ipiranga, Júlio de Mesquita e Brigadeiro Tobias.

Objetivo Geral do Projeto: Fortalecer a criança dentro da sua realidade social, oferecendo oficinas lúdicas – jogos cooperativos, artes plásticas, círculos de convivência e dança, proporcionando um ambiente no qual a criança se identifique com ferramentas para reflexão e o dialogo frente a diversas situações de vulnerabilidade social e violência, com intuito de sensibiliza-la na promoção da cultura da paz. Bem como, ofertar a criança maior abrangência cultural e recreativa, visando à diminuição da discriminação e do preconceito sociocultural.


 

 

FUNCAD 2017 – Projetos Aprovados para 2017

PROJETOS APOIADOS PELO CMDCA SOROCABA EM 2017

cmdca sorocaba

As entidades mantenedoras da Pastoral do Menor, Associação Bom Pastor e Centro Social São José tiveram dois projetos aprovados para captação de recursos via Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

1- ASSOCIAÇÃO BOM PASTOR – PROJETO JOVENS EM AÇÃO

CLIQUE NO LINK  e saiba mais
Pastorhttp://www.cmdcasorocaba.org.br/single-post/2016/11/24/Associa%C3%A7%C3%A3o-Bom-Pastor

6957f2e8-0e2c-4359-ac21-f4218693b3b6

abp CMDCA 2017

3b1a900e-90fb-4f82-be33-d52ab176bcfb

 

 

 

 

 

 

 

2-CENTRO SOCIAL SÃO JOSÉ – MOLECADA LEGAL

CLIQUE NO LINK E SAIBA MAIS:

http://www.cmdcasorocaba.org.br/single-post/2015/09/29/CEC-Centros-Educacionais-Comunit%C3%A1rios

WhatsApp Image 2016-11-09 at 11.56.30

 

CSSJ CMDCA Site 2017

WhatsApp Image 2016-11-09 at 11.56.27

Projeto CEC´s – Centro Educacionais Comunitários – Projeto Aprovado pelo CMDCA Sorocaba 2016

 

 

Este Projeto é financiado com a captação de Recursos por meio do FUNCAD – Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente.

O Objetivo do Projeto CEC é proporcionar um espaço de convivência e aprendizado para crianças e adolescentes, além de complementar o trabalho social com a família, através de atividades lúdicas, oficinas de música, dança, recreação e lazer e esporte, bem como interagir com a escola, a rede de atendimento e organizações da comunidade local visando o trabalho em rede para o desenvolvimento comunitário.

Desta forma o objetivo da entidade é garantir aos atendidos os incisos I e II do artigo 90 do ECA.

Acolhida de crianças de 04 a 12 anos nos CECs – Centro Educacionais Comunitários para evitar que fiquem pelas ruas.(2ª a 6ª feira – Manhã das 8h30 às 11h30 / Tarde das 13h30 às 16h30)

Atividades:  Noções e Prática de Higiene / Brincadeiras Infantis / Atividades de apoio à Alfabetização / Artesanato / Atividades Esportivas / Passeios Culturais / Lanche / Espiritualidade Ecumênica / Noções de Cidadania/Oficinas Intergeracionais.

 

Projeto Escola da Cidadania

 

A Escola de Cidadania tem como objetivo principal formar adolescentes com capacidade crítica, para serem formadores de outros adolescentes, exercendo seu protagonismo e sua cidadania.
A partir de então, os protagonistas têm encontros periódicos, onde são discutidas as prioridades e definidas as atividades, em conexão com o contexto onde vivem, e que serão desenvolvidas nas próprias comunidades. Temas diversos fazem parte da agenda: controle social, conselhos, políticas públicas, direitos humanos, direitos das crianças e dos adolescentes, violência sexual, trabalho infantil, etc.
O Projeto teve início em Sorocaba no segundo semestre de 2014 sendo aplicado em 05 bairros (Habiteto, Manchester, Laranjeiras, Brigadeiro Tobias e Parque São Bento) para 219 adolescentes no total, tendo excelente resultado por causa da sua metodologia.
A inovação da proposta de trabalho consiste em apostar na formação de adolescentes de forma diferenciada daquela que tradicionalmente é aplicada nas escolas formais. Trata-se da criação de um espaço de produção de conhecimento onde os formadores serão os próprios adolescentes.

Djalma Roberto de Jesus é o coordenador da Escola da Cidadania em Sorocaba

 

Projeto Girassol

A partir de abril de 2006, a Pastoral do Menor assumiu, em convênio com a Fundação CASA (ex-Febem), a responsabilidade por 145 adolescentes sujeitos à medida sócio-educativa de Liberdade Assistida, aplicada pelo Judiciário, iniciando o “Projeto Girassol” que funcionava na Vila Jardini, sendo que já se conseguiu a inserção no mercado de trabalho de vários jovens, o retorno ao universo escolar da maioria dos atendidos e prioriza-se um trabalho de acompanhamento familiar para facilitar a reinserção social. Este projeto encerrou-se em 2012 devido a reordenamento do Município.

Em 2015 o Projeto Girassol participou de edital de chamamento público municipal e retomou as atividades em 2016.  O número de  atendidos é de 260 adolescentes sujeitos a medida sócio-educativa de Liberdade Assistida e Prestação de Serviço à Comunidade. O destaque deste projeto é a L.A.C. -Liberdade Assistida  Comunitária realizada por educadores sociais voluntários da própria comunidade.

Projeto Querubim

Projeto Querubim

Acolhida das crianças de 4 a 5 anos nos CECs da Pastoral do Menor / Noções e Prática de Higiene / Brincadeiras Infantis / Atividades de apoio à Alfabetização / Artesanato / Recreação/ Atividades Esportivas / Passeios Culturais / Lanche / Espiritualidade Ecumênica – (2ª a 6ª feira – Manhã das 8h30 às 11h30 / Tarde das 13h30 às 16h30).

Projeto Molecada

Projeto Molecada

Acolhida de crianças de 06 a 11 anos nos CECs da Pastoral do Menor para evitar que fiquem pelas ruas / Noções e Prática de Higiene / Brincadeiras Infantis / Atividades de apoio à Alfabetização / Artesanato / Recreação / Atividades Esportivas / Passeios Culturais / Lanche / Espiritualidade Ecumênica / Noções de Cidadania. Parceria com Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social Est. S. Paulo e SECID – PMS.(2ª a 6ª feira – Manhã das 8h30 às 11h30 / Tarde das 13h30 às 16h30)

Projeto Desafio Jovem

Projeto Desafio Jovem

Preparo de adolescentes, de 13 a 14 anos, para inserção em atividades comunitárias (mutirões de limpeza de espaços públicos, campanhas de saúde, campanhas de cidadania) / Atividades Socioeducativas/Noções de Profissionalização / Resgate de Autoestima / Espiritualidade Ecumênica / Artesanato / Noções e Prática de Higiene / Atividades de Apoio à Escola / Artesanato /Atividades Esportivas / Passeios Culturais / Lanche (2ª a 6ª feira – Manhã das 8h30 às 11h30 / Tarde das 13h30 às 16h30)